BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

28/08/2009

Polícia no rasto de 20 a 30 elementos do bairro Quinta da Princesa


A PSP do Seixal acredita que os distúrbios do início desta semana no bairro da Quinta da Princesa, na Cruz de Pau, foram causados por um grupo altamente organizado, com cerca de 20 a 30 elementos.
(Um grupo altamente organizado naaa,não me acredito, todos sabem que são tão pacatos so gostam de mandar uns tiros umas facadas de vez em quando.)
Aquartelado num prédio devoluto deste bairro, o gang usa coletes balísticos para a realização de assaltos à mão armada – e é suspeito, por exemplo, do ataque ao restaurante Boi na Brasa, na Cruz de Pau, em Julho.
O grupo está, ao que o CM apurou, também ligado aos 20 arguidos do processo ‘Cárcere Privado’, alguns deles até por laços familiares. Criminalmente, os dois gangs participaram em negócios de tráfico de droga e em assaltos à mão armada.
(Equipados com coletes antibala , estão bem equipados , devem comprar os coletes la na feira do seixal ou então encomendam pela redoute.)
Provas disso, encontrou-as a PSP num prédio devoluto da praceta do Lobito. Controlados os distúrbios da madrugada da última terça-feira, em que agentes e viaturas policiais foram atacados à pedrada e com cocktails-molotov, a PSP entrou no imóvel. Para impedir a revista, os suspeitos espalharam pelas escadas uma mistura de óleo e gasolina, semelhante à usada nos motins de Paris. Apesar das dificuldades, a PSP apreendeu no local documentação, dinheiro, bens pessoais e coletes à prova de bala usados em assaltos. Um dos crimes que, ao que tudo indica, terá sido possível imputar ao grupo foi o assalto ao restaurante Boi na Brasa.
Na noite de 10 de Julho, cinco encapuzados, de caçadeira, pistola, facas, machado e taser irromperam no restaurante e atacaram funcionários e clientes. Várias pessoas foram agredidas à coronhada e o gang escapou com 300 euros.
É continuar a dar subsidios e ajudas a esta malta que eles agradecem.

Sem comentários:

Publicar um comentário