BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

31/08/2009

Pasteleiro do Big Brother paga multa e safa-se

Pelo ar do azeiteiro, ops sorry, Pasteleiro , todo contente ao sair
do tribunal deve estar a pensar " ena os Fotografos ,ja vou aparecer nas noticias."



O Big Brother esse marco na historia televisiva , esse icone do entretenimento familiar apresentado pela não menos figura emblematica da cultura nacional Teresa Guilherme , deu grandes perolas ao mundo.
Desde o pontape de um , outro que era de Barrancos e andava sempre atras de galinhas e acabou a querer-se mandar da ponte 25 Abril mas depois la atinou e virou pasteleiro, ate ao pasteleiro que se fartou de fazer bolos e começou a assaltar velhinhas ,ao outro que dizia tantas vezes "tas a ber"que depois acabou por ser preso e ir la vergar a mola 7 anos,so gente famosa.Gostaram tanto da fama que continuam a fazer de tudo para a continuar a ter. Como diria o outro..Vão masé trabalhar ó!!






Esposende, 31 de Ago (Lusa) - Seis dos 18 arguidos detidos na megaoperação denominada "El Pibe 1x2" foram hoje condenados pelo colectivo de juízes do Tribunal de Esposende.

Os 18 arguidos, que resultaram da megaoperação levada a cabo pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Esposende, ouviram hoje de tarde a leitura do acórdão que condenou, seis deles, a prisão efectiva.

Os restantes saíram em liberdade com penas suspensas, mas todos foram condenados a pagar indemnizações a favor de instituições de solidariedade social.

O caso ganhou algum protagonismo uma vez que um dos arguidos é Bruno Timóteo, pasteleiro, conhecido pela sua participação numa das edições do Big Brother. Timóteo foi condenado, por furto qualificado, a três anos de pena suspensa e ao pagamento de 2500 euros a uma instituição de solidariedade social.

O caso envolvia 18 arguidos, seis dos quais aguardaram julgamento em prisão preventiva, acusados de associação criminosa e vários furtos em estações de serviço, de correios, a caixas de Multibanco, oficinas de automóveis, armazéns e outros estabelecimentos.

O colectivo não deu como provada a associação criminosa e o assalto à estação de correios de Apúlia, em Esposende, mas em relação aos outros crimes todos foram condenados.

As penas, todas em cúmulo jurídico, mais pesadas foram para Francisco Paulo, mais conhecido por 'Matutano', e Norberto Rosas ('engenheiro') condenados a 16 e 13 anos de prisão efectiva, respectivamente.

Em relação aos restantes, Vítor Manuel Silva (Vítor da Feira), foi condenado a nove anos; Juvenal Tiago (Totobola), também a nove anos, Nelson Silva (Mirolho), sete anos e dois meses e Zacarias Barreiro (Carías), seis anos e seis meses.

A leitura do acórdão realizou-se no salão paroquial da igreja da Matriz, em Esposende, onde estiveram presentes familiares dos elementos do grupo que, no final, se insurgiram contra as penas estipuladas pelo colectivo de juízes.

À saída, era visível a emoção e as lágrimas dos familiares dos seis condenados que rumaram aos estabelecimentos prisionais de Custóias, de Braga e da Polícia Judiciária.

Os advogados de defesa anunciaram recursos da sentença.


A operação ‘El Pibe 1x2’
Uma mega-operação desencadeada pela GNR no Norte e Centro do país levou à detenção de 23 pessoas, suspeitas de assaltos à mão armada, tráfico de armas e de droga. Uma habitação no concelho de Vila Verde fez parte das buscas efectuadas no domingo, envolvendo cerca de 500 militares.
Entre os detidos encontra-se um jovem residente em Barcelos: Bruno Timóteo, de 23 anos, conhecido por 'o pasteleito' que participou no programa televisivo 'Big Brother II'. Na sua posse, a GNR encontrou pistolas com munições, catanas, um gorro passa-montanhas e um boné da BT.
O grupo de 23 detidos é acusado de assaltos à mão armada (nomeadamente carjacking e furtos de caixas multibanco), tráfico de droga e armamento, apoio à imigração ilegal, favorecimento da prostituição, tráfico e viciação de viaturas.
Segundo o jornal Correio da Manhã, nesta operação designada por 'El Pibe 1x2', a GNR apreendeu também 20 automóveis. Há igualmente muitas armas – pistolas e caçadeiras – alegadamente usadas em assaltos. Um dos detidos é filho de um militar da GNR e foi preso na Apúlia.
A operação ‘El Pibe 1x2’ envolveu quase meio milhar de efectivos, entre as 07h00 e as 13h00, desde Trás-os-Montes até à Região Centro, mas com especial incidência no Minho. A maioria das 57 buscas teve lugar em Barcelos, Esposende, Braga, Vila Verde, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Matosinhos, Espinho, Feira, Lourosa e Pinhel – num total de cinco distritos: Braga, Vila Real, Porto, Aveiro e Guarda.
Segundo o comandante da GNR de Braga, tenente-coronel Barros Gonçalves, “os suspeitos não assaltaram moradias, mas armazéns, carros e estabelecimentos comerciais”. E acrescentou que “a ampla prova recolhida” na investigação e as armas apreendidas evidenciam “todo o tipo de crimes”.
O trabalho da GNR, o mais envolvente de que há memória no Norte, começou em Abril de 2006 com um grande processo realizado pelo Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos. O parque de estacionamento do Estádio do Gil Vicente, em Barcelos, acolheu a reunião a quase 500 militares da GNR, que receberam uma guarnição com sanduíches, maçãs e sumos.

Sem comentários:

Publicar um comentário