BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

01/09/2009

Moita: Troca de tiros com a PSP após dois rapazes terem sido baleados



Ainda a semana passada tinha acontecido o mesmo no Seixal, eis que agora outro grupo tambem quis aparecer nos jornais e faz mais do mesmo(ainda o outro dizia que a margem sul era um deserto, so se for por la haverem muitos camelos, mas isto nem são camelos é + morcegos), é continuar a dar-lhes liberdade para fazerem o que fazem e ajudar-lhes com subsidios de reinserção para ajudas de custo que as armas ainda custam caro.Ou então deixo aqui uma ideia de como la fora resolvem esse problema ,o esquema esta na foto em baixo.






Tiroteio na Amoreira
Agentes da PSP do Barreiro foram, no domingo à noite, recebidos a tiro por moradores do Vale da Amoreira, na Moita, quando tentavam pôr cobro a confrontos entre gangs rivais. Durante a intervenção, a polícia detectou, no interior de um apartamento, um grupo de jovens a fabricar cocktails molotov para serem arremessados e procurou travar novos ataques. A PSP acabou por ter de responder a tiro.



A confusão no Vale da Amoreira começou pelas 17h00 de anteontem, quando dois jovens foram baleados junto ao Centro Comercial Zona F por um homem a quem chamam ‘Fantasma’. O suspeito, na companhia de um irmão, terá atingido dois rapazes pertencentes a um grupo conhecido por ‘Caixa Baixa’.

Logo no domingo à tarde as autoridades acorreram em peso ao local, fortemente armados, mas não foram bem recebidas pelos moradores. Em alguns pontos do bairro registou-se troca de tiros, mas estes não provocaram ferimentos. Pelas 22h30, agentes detectaram jovens a fabricar bombas incendiárias. A polícia efectuou diversas patrulhas no bairro, tido como bastante problemático, efectuando revista a vários jovens. A tensão prolongou-se durante a noite e estendeu-se ao dia de ontem, onde cerca de 30 agentes fortemente armados marcaram presença.

Apesar do reforço, ontem à tarde voltaram a ouvir-se tiros no bairro, mas fonte oficial da PSP adiantou ao CM que 'duas pessoas envolvidas nos incidentes de domingo foram detidas'.

MORADORES COM MEDO DE SAIR À RUA

O medo de algumas pessoas que moram no bairro do Vale da Amoreira é evidente. Nesta freguesia de pouco mais de 12 mil habitantes existe uma das maiores concentrações de imigrantes nas imediações de Lisboa, oriundos dos PALOP na década de 70. Desde então, este bairro – que alberga também famílias de etnia cigana – ganhou uma das piores reputações da região, pois é nele que se refugiam vários elementos perigosos ligados ao tráfico de estupefacientes e a assaltos violentos.

Quem lá mora vive em permanente sobressalto. 'Muitas das vezes até temos medo de sair à rua. Nunca sabemos quando é que somos apanhados na confusão e levamos um tiro. Eu até tenho receio de que os meus netos venham brincar para a rua', conta uma idosa ao CM junto ao mercado local.

'FANTASMA' ATERROROZA BAIRRO

É conhecido como ‘Fantasma’ e visto como um dos elementos mais perigosos do Vale da Amoreira. Um grupo de jovens moradores do bairro, em conversa com o CM, diz que é ele quem espalha o terror. 'A polícia apanha-o e mete-o logo cá fora. Ele usa sempre uma bolsa à cintura onde leva a arma', conta um morador, que se queixa igualmente da acção da polícia. 'Chegam aqui e começam a bater em todos e a disparar. Não somos nenhuns santos mas não temos nada a ver com isso, por isso não podemos apanhar por tabela. Felizmente, ainda ninguém foi atingido, mas as marcas de balas estão na parede.'

PORMENORES

TRAFICANTE MORTO

Em Janeiro, um traficante de droga foi morto no bairro, espancado com um taco de basebol. Os quatro agressores foram detidos no mês passado.

BATALHA CAMPAL

Em Setembro de 2008, 30 jovens do Vale da Amoreira, armados com paus, bastões e facas, espancaram e roubaram uma dezena de jovens em Alhos Vedros. Populares envolveram-se e a cena acabou em batalha campal. Um dos agressores foi atingido a tiro.

ATM ENCONTRADO

Uma caixa multibanco roubada no Centro Distrital de Segurança Social de Setúbal, em 2007, foi encontrada dentro de uma carrinha no bairro.

Sem comentários:

Publicar um comentário