BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

28/12/2009

Playboy á Portuguesa


A Playboy Portuguesa como achava que andava a pagar dinheiro a mais para que as nossas supostas famosas se despissem ,ja que algumas ate o costumam fazer de borla so para se promoverem atravez do seu corpo ja que de resto pouco sabem fazer,não vai de modas e reduziu o cachet estando agora a pagar a cada uma 800 euros.800 euros é o valor pelo qual a Ruth Marlene aceitou vender-se e ainda ofereceu a irmã como promoção,leve duas pague uma.A diferença entre estas supostas senhoras que se vendem para revistas a troco de uma sandes de fiambre e as que supostamente atacam no Intendente , é que pelo menos as do Intendente assumem o que são.A Playboy é que como sempre é esperta e achou uma mina de Ouro em Portugal onde as pseudo famosas se vendem a troco de nada e ha sempre Povinho que corre para comprar mais uma edição da revista.


Ruth Marlene despe-se por 800 euros

Após a polémica dos pagamentos em atraso, a ‘Play-boy’ decidiu baixar os cachets, e está a oferecer cerca de 800 euros a todas as famosas que queiram tirar a roupa para a capa de revista. Ruth Marlene foi a primeira a aceitar o convite, e irá posar nua, ao lado da irmã, Jéssica, para a conhecida publicação masculina.

A cantora aceitou o desafio, mas o Correio da Manhã sabe que a revista já sondou outras figuras públicas, que se mostraram indisponíveis para fazer uma produção ousada com um cachet tão baixo.

'Neste momento a ‘Playboy’ está a oferecer 800 euros a famosas para posarem nuas. Está a ser complicado para eles conseguirem arranjar pessoas interessadas, mas a Ruth Marlene mostrou-se disponível. É uma coisa que ela queria fazer, porque acha que lhe dará alguma visibilidade neste momento. E quis fazê-lo com a irmã porque são muito próximas', começa por contar uma fonte próxima dos responsáveis pela publicação.

Depois de a relações públicas Cláudia Jacques e de a actriz Cristina Areia terem ambas denunciado que não receberam o valor acordado para se despirem para a ‘Playboy’ – recorde-se que a primeira chegou mesmo a mover um processo judicial contra a publicação enquanto a segunda optou por aguardar por uma resposta dos responsáveis da ‘Playboy’ –, a conhecida revista masculina decidiu agora baixar a fasquia para um valor inferior aos mil euros.

Sem comentários:

Publicar um comentário