BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

30/09/2009

Grand Theft Auto á Portuguesa



Que viviamos cada vez + numa selva onde reina a lei do + forte ja sabia.Que o nosso codigo penal não tem acompanhado os tempos e por isso se vive um clima de impunidade no nosso País tambem so não se apercebe quem tenha aterrado ca ontem.Agora a ultima que soube foi que nos gangs se atribuem pontos por bater e roubar como se de um jogo virtual se trata-se.É este o resultado de se viver cada vez mais numa sociedade informatizada e descartavel onde o ser humano perde o valor e uma vida se resume a pontos so que num jogo depois de se perder pode-se recomeçar ,no real é mesmo Game Over.


As regras na rua são de clara inspiração no ‘Grand Theft Auto’, jogo de vídeo importado dos Estados Unidos e no qual, inclusive, causou grande polémica pelo espírito de violência e destruição que incute em alguns jovens. Na prática, é o que se está a passar em Faro – com estabelecimentos destruídos, pessoas esfaqueadas e espancadas sem motivo aparente. E tudo pelos pontos com que os gangs premeiam os jovens membros. Ganha mais pontos quem for mais violento; sobe na hierarquia do grupo quem tem mais pontos.


A polícia sabe disto, mas está de mãos e pés atados. A maioria destes ‘jogadores’ é menor. No último sábado, o bar Ali Papas foi atacado por um grupo de jovens. Eram 04h00 quando invadiram o estabelecimento, agrediram um empregado e partiram vários objectos, incluindo a porta de vidro do bar. Este será só o ataque mais recente, mas há vários, como a uma padaria na rua Conselheiro Bívar, onde esfaquearam um funcionário no pescoço. Atacaram também outro bar junto ao Ali Papas, na rua do Compromisso.

"Temos conhecimento dessa situação", admite ao CM fonte do Comando da PSP de Faro, referindo--se à lista de pontos. A mesma fonte acrescenta que "esses jovens estão quase todos identificados, mas, como a maioria é menor de idade, mesmo quando são detidos, acabam por sair em liberdade".

As noites de sexta e sábado piores. Além dos ataques a estabelecimentos, os jovens fazem assaltos e agressões gratuitas nas ruas. Os grupos combinam também combates com rivais. Foi o que ocorreu no dia 19, sábado. Cerca de 30 jovens envolveram-se numa luta combinada na rua Conselheiro Bívar. Um grupo era de Faro e o outro de Olhão.

A PSP foi ao local e só parou o combate com tiro de shotgun para o ar. "Foram identificados mas não se pode fazer mais", diz fonte policial. "Todos os fins-de-semana se faz 10 a 20 detenções, mas, presentes a tribunal, saem logo devido à idade."

PORMENORES

DETENÇÕES

Alguns jovens destes grupos foram detidos, nos últimos meses, depois de cumprirem 18 anos e atingirem a maioridade.

DOSSIÊS

As autoridades têm organizados dossiês sobre o historial de violência e crimes de alguns dos jovens, que permitam melhor fundamentar detenções no futuro.

QUEIXAS

Alguns comerciantes e populares admitem que não fazem queixa dos crimes por entenderem que não vale a pena.

JOGO REAL DÁ PRÉMIO MAIOR POR HOMICÍDIO

No jogo de vídeo ‘Grand Theft Auto’ (GTA) ganha-se pontos por cada crime que se pratica. Os maiores prémios são atribuídos por crimes de maior monta, como assaltos à mão armada ou homicídios. Mas ao jogador basta bater numa qualquer personagem que encontre no cenário para ganhar dinheiro.

Um sistema que acaba por ser muito semelhante ao praticado pelos grupos de jovens de Faro. Por se temer que servisse de inspiração a este tipo de actos, quando surgiu, o jogo provocou uma acesa discussão sobre se deveria ser colocado à venda. Houve vários países que o proibiram e em muitos outros a venda é proibida a menores de 16 ou 18 anos. Com várias versões – que variam no ambiente onde decorre – o GTA é um dos jogos mais populares e que mais vende tanto para PC como para consolas.

POLÍCIA PROMETE "MÚSCULO" PARA ELIMINAR ATAQUES

Na noite de sábado para domingo, "a PSP manteve-se no terreno até depois das 06h00 e não houve qualquer problema", conta Jaime Simões, um dos empresários da noite de Faro. E, "quando assim é, estas ruas são as mais seguras do Algarve", acrescenta. Com essa ideia, durante uma reunião no início desta semana, os empresários acordaram, com a polícia, um serviço gratificado de patrulha a doze homens, para manter a segurança. Por outro lado, o Comando da PSP em Faro, contactado pelo CM, prometeu "uma presença mais ‘musculada’ na noite", para colocar um ponto final nos ataques.

Sem comentários:

Publicar um comentário