BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

06/09/2009

Violencia aumenta na margem sul.



Com a sensação de impunidade que reina no nosso País , com as leis que cada vez protegem mais os criminosos e numa sociedade consumista de produtos enlatados norte americanos e japoneses onde reina a violencia qualquer dia andamos aos tiros uns aos outros so porque perguntamos as horas.Acho giro é sempre que ha uma vaga maior de criminalidade vir o ministro da segurança interna baseado em estatisticas dizer que somos o País mais seguro da Europa, claro que os relatorios de estatisticas valem o que valem e se em Portugal todos que são vitimas de crimes apresentassem queixa os numeros seriam muito maiores.Mas cada um vende o seu Peixe como quer.

O que era uma presunção no sábado, ontem já era uma certeza. Os criminosos que mataram à pedrada, em Setúbal, um homem (ao que tudo indica brasileiro) na madrugada de sábado, foram os mesmos que, horas mais tarde, pelas 10.00, foram interceptados pela GNR da Moita a sequestrar e agredir violentamente outra pessoa.
O cadáver foi encontrado nu, cerca das 09.00, por uma mulher que passeava o cão num parque de uma zona residencial, com inúmeras escoriações no corpo e sinais de apedrejamento na zona da cabeça. O alerta foi dado a todas as forças de segurança.
Cerca de uma hora depois, a GNR da Moita, recebeu uma denúncia de um cidadão que tinha achado suspeitos os movimentos dentro de um automóvel. A informação foi passada às patrulhas no terreno e uma delas avistou a viatura suspeita. Começou a persegui-la e, num momento rápido, os militares aperceberam-se que um ocupaste no banco de trás lhe está a fazer sinais.
Ligaram a sirene a mandaram parar o automóvel. Enquanto um dos militares pedia os documentos da praxe, o outro, olhou para o banco de trás e viu um homem enrolado e todo ensanguentado. Deu sinal ao colega e imediatamente deram ordem de imobilização aos dois suspeitos.
A vítima, com cerca de 50 anos, estava gravemente ferida e foi de emergência para o hospital local onde se encontra internada. Tinha sido abordada pelos criminosos quando saia de sua casa e se dirigia ao carro. Foi agredido, empurrado para dentro do próprio automóvel e levado.
Na altura em que os apanhou em flagrante, a GNR já tinha recebido o alerta da PJ. Ao que o DN apurou, quer o testemunho que a vítima do sequestro ainda conseguiu fazer, relatando a conversa que tinha ouvido aos criminosos, quer, depois, as declarações que estes prestaram, levantaram a suspeita que podiam estar ligados com o assassinato de Setúbal. Entregaram-nos à PJ - a qual, na posse já de várias pistas e investigação, veio a confirmar a suspeita.

Sem comentários:

Publicar um comentário