BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

14/12/2009

Cidade de Deus

Que a costa da caparica estava tomada de assalto por Brasileiros ja se sabia e que muitos deles vinham cadastrados fugidos do País deles tambem se suspeitava.Agora com uma vitima atingida na madrugada de Sabado pelas costas, que tambem ele era criminoso e procurado pela Interpol fica-se com a certeza.Note-se a facilidade com que alguem procurado pela Interpol consegue entrar e instalar-se em Portugal durante uma semana sem levantar suspeitas e so se consegue saber algo depois de levar com uns balazios nas costas.
O nosso País é um paraiso para este tipo de criminosos que vêem em Portugal um cartão de entrada para a Europa pela facil mobilidade.
Conforme uma fonte policial indica ha varios cadastrados que vem a Lisboa com determinado objectivo relacionado com crimes de roubo,extorsão ou trafico de droga fazem o que tem a fazer e regressam rapidamente ao País deles pelo mesmo sitio onde entraram.Substituiram o grupo da Máfia da noite no controlo dos negócios da noite da capital,desde que foi desmantelado impondo os seus serviços de segurança em bares e cobrando comissões de milhares de euros em troca de protecção,ou seja extorsão,quem não alinha-se sujeitava-se a represalias.
Ja ca haviam poucos criminosos e mafias implantadas no nosso País ainda os estamos a importar.Por sua vez quem tem o azar de morar na Costa da Caparica vai vivendo aterrorizado assistindo dia a dia á transformação de estancia balnear para mais uma favela Brasileira , onde o lema é se correr o bicho Pega e se ficar o Bicho come.Entretanto ja colocaram la Força Militar so que não vai resolver nada ja que mesmo que consigam prender este grupo de criminosos outro ira surgir para ocupar o lugar deles neste negocio tão rentavel que é o da noite.O problema esta na base enquanto a lei for de facilitismo estes grupos e outros vão ver em Portugal um País fraco onde compensa ser-se criminoso.




Máfia brasileira ataca em Lisboa
Comandam segurança ilegal em bares de alterne da capital e Margem Sul. Deram 3 tiros pelas costas a um rival, procurado pela Interpol por homicídio.



Três tiros nas costas e à queima-roupa, em plena rua no centro da Costa de Caparica, são só mais um episódio na guerra pelo domínio do tráfico de droga, roubos, extorsão e imposição, pela força, de segurança ilegal em bares de alterne e outros de Lisboa e Margem Sul do Tejo. A vítima da madrugada de ontem, com mandado de captura da Interpol por roubo e homicídio no seu país, chegara a Portugal há uma semana. Era ex-cúmplice mas saiu da linha – e a máfia brasileira não perdoou. Dois homens atiraram para matar.

A pontaria não foi perfeita e Fábio, cerca de 30 anos, sobreviveu às balas cravadas nos dois braços e nas costas. Esta última de raspão. Está internado no Hospital de Santa Maria sob fortes medidas de segurança policial. Ao que o CM apurou, o brasileiro é testemunha essencial para o desmantelar da rede criminosa que há meses actua impunemente e é gerida por um compatriota seu a partir da Margem Sul.

Há muito que o cabecilha está referenciado pelas polícias – e contam-se mais de 20 elementos entre os operacionais do grupo. Na sua esmagadora maioria são brasileiros. E actuam ao estilo da máfia, impondo os seus serviços de segurança em vários bares e cobrando comissões de milhares de euros em troca da suposta protecção. Quem não alinha sofre as consequências entre a violência e destruição.

O modus operandi é idêntico ao do gang mais conhecido por Máfia da Noite, que foi entretanto desmantelado pela PSP sob comando da Unidade Especial de Combate ao Crime Violento do DIAP de Lisboa. O grupo do ex-polícia Alfredo Morais, a que os brasileiros sucederam no controlo dos negócios da noite da capital, também impunha respeito e obediência pelo terror.

No caso da máfia brasileira, que já se instalou há anos na Margem Sul, entre as zonas da Costa de Caparica e Setúbal, diversificou a actuação para outros crimes: homicídios, tráfico de droga e roubos violentos por encomenda.

CIRCULAM ENTRE OS DOIS PAÍSES COM FACILIDADE

Uma das preocupações das polícias em relação a este grupo é o facto de, enquanto não há provas que permitam avançar para detenções, os seus elementos circularem com grande facilidade entre o nosso país e o Brasil. Há vários casos nos últimos meses, nomeadamente de cadastrados que chegam a Lisboa com um determinado objectivo, relacionado com crimes de roubo, extorsão ou tráfico de droga – e regressam rapidamente às origens. Revelam grande mobilidade e procuram apagar todos os vestígios das actividades em que se envolvem. Entre os crimes mais violentos estão a tentativa de homicídio da madrugada de ontem e pelo menos dois casos de violentas agressões – na sequência de tentativas de extorsão ou na guerra pelo controlo de território – que acabaram por resultar na morte das vítimas.

VÍTIMA RESISTE A TRÊS DISPAROS PELAS COSTAS

Fábio caminhava junto ao Hotel Real, na Costa de Caparica, quando, pelas 03h00 de ontem, foi surpreendido pelos disparos de dois homens que saíram de um carro com uma caçadeira e uma pistola. Levou três tiros de pistola nas costas, tendo os atiradores fugido de imediato. Duas balas atingiram os braços e, a terceira, as costas, sem afectar órgãos vitais. Na Caparica, ninguém admitiu ontem conhecer Fábio. O CM apurou, no entanto, que a vítima do atentado é natural da cidade de Governador Valadares, no estado de Minas Gerais, origem da maior parte da comunidade brasileira da Costa de Caparica.

PORMENORES

SITUAÇÃO LEGAL NO PAÍS

Muitos dos elementos do grupo, apurou o ‘CM’, estão em situação regular no País: têm autorização de residência. Outros estão em situação ilegal e são seguidos pelo SEF.

BRAÇO PARALISADO

O brasileiro baleado na madrugada de ontem, aparentemente num ajuste de contas, pode ficar com um dos braços paralisado.

POLÍCIA NO HOSPITAL

A PJ de Setúbal já esteve ontem no Hospital de Santa Maria para interrogar a vítima.

Sem comentários:

Publicar um comentário