BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

17/12/2009

Demite-se bispo que ocultou abusos

Se na Peninsula Iberica a terra abanou ontem ,pros lados do Vaticano a situação tambem anda muito tremida ,ja que o Bispo de Limerick apresentou hoje a sua demissão na sequencia do escandalo que rebentou na Irlanda onde durante anos esse mesmo Bispo ocultou em conivencia com o estado casos de abusos sexuais cometidos por padres catolicos contra menores.A Igreja Catolica pretende resolver assim atirando com areia pros olhos com a simples substituição do Bispo o caso de pedofilia cometida por padres e com apoio do Estado.Como se com uma simples substituição de um Bispo por outro apaga-se os crimes cometidos contra todos os jovens e preveni-se a que no futuro tal volte a acontecer.Se é a propria Igreja que da exemplos destes o que se pode esperar dos que a seguem.A Igreja catolica continua assim a mostrar a sua Hipocrisia e supremacia onde pelos vistos pode fazer o que lhes apetecer ,quando são apanhados mudam os Bispos de paroquia e não respondem a mesma lei que os meros mortais.Se por um lado são contra o preservativo e contra os casamentos gay,por outro molestar criancinhas ja lhes parece bem,alguem que lhes va la explicar que quando jesus disse " Venham a mim as criancinhas" não era propriamente para as molestar que ele disse isso.

Murray afirma que não quer causar mais sofrimento

O bispo de Limerick, Donal Murray, demitiu-se do cargo para não provocar mais sofrimento às vítimas dos abusos sexuais cometidos contra menores por padres católicos.


O pedido de demissão de Murray foi entregue a 7 de Dezembro ao papa Bento XVI, que esta quinta-feira decidiu aceitá-la. O bispo decidiu deixar o cargo de bispo duas semanas depois de ter sido publicado um documento que revelada os mecanismos usados durante décadas por membros da Igreja Católica irlandesa para ocultar, em conivência com o Estado, abusos sexuais. Na nota, Murray é acusado de ocultar as denúncias de abusos sexuais quando era bispo auxiliar na arquidiocese de Dublin.

"Pedi ao Santo Padre que me permitisse demitir e nomear um novo bispo para a diocese porque acredito que a minha presença podia criar dificuldades a algumas das vítimas", afirmou o bispo perante os fiéis da sua congregação.

No nota despedida, Murray, nem por uma vez, nega as acusações que lhe foram imputadas no documento, mas pediu perdão "com humildade, de novo, a todos aqueles que foram vítimas de abusos quando eram crianças".

Sem comentários:

Publicar um comentário