BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

14/12/2009

Manoel de Oliveira prepara novo filme

Diga o que se disser sobre o Manoel de Oliveira ,que os filmes dele são parados ,que parece que se esqueceu da maquina a filmar enquanto adormeceu ,que os planos deles a filmar caixas são longos, que falam sempre sobre os mesmos assuntos, que assistir a filmes dele é pior que tortura chinesa, um facto é que é o realizador Português com maior numero de premios recebidos internacionalmente e acima de tudo um exemplo de vida para todos, ja que continuar a fazer filmes com 101 anos em vez de ficar em casa a lamentar-se do frio ,da chuva ,da programação da tv,não é para todos.É o realizador mais antigo começou a realizar ainda na altura do cinema mudo e é contemporaneo do Charlot ,so por isso ja ira fazer parte da Historia do cinema.Mais uma vez se comprova que de facto o que é nacional é bom e recomenda-se.

Manoel de Oliveira prepara novo filme

O realizador português Manoel de Oliveira, 101 anos, começa a rodar em 2010 uma nova película porque, como o próprio sustenta, "tudo na vida se move até ao último momento" e é portanto necessário estar sempre activo. Com estas palavras de Manoel de Oliveira definiu hoje o seu produtor, Luis Miñarro, a inesgotável actividade do realizador, contemporâneo de Luis Buñuel, King Vidor, Alexander Korda e Charles Chaplin, para anunciar o começo, no primeiro trimestre de 2010, das filmagens de "O Estranho Caso de Angélica". A película, que terá como protagonistas o neto e actor fetiche do realizador, Ricardo Trêpa, e a espanhola Pilar López de Ayala, inicia-se com o trabalho de um jovem fotógrafo sobre o precioso cadáver de uma morta. Trêpa e Miñarro deram hoje uma conferência de imprensa em Madrid para apresentar a "penúltima" película de Oliveira, "Singularidades de uma Rapariga Loira". A película, já exibida em 29 festivais, entre os quais os de Berlim, Karlovy Vary, Toronto e Veneza, estreia-se sexta-feira em Madrid, depois de projecções comerciais prévias em salas de Portugal e França, países co-produtores. Baseada no conto homónimo de Eça de Queirós - a quem Oliveira rende na película uma pequena homenagem - "Singularidades..." conta a história de um jovem, Macário (Ricardo Trêpa), que se enamora de Luísa (Catarina Wallenstein), uma jovem loura.

Sem comentários:

Publicar um comentário