BEM VINDO! Aviso á tripulação! Aqui inicia-se mais um blog neste oceano tão vasto que é a Blogoesfera.Aqui irão ser trazidos e comentados varios assuntos que acho que sejam de salientar. Sintam-se á vontade para participar ,falem bem ou falem mal mas falem Então apertem os cintos.Vai-se iniciar a viagem. .

03/12/2009

Moçambique: Viola enteadas para "curar" SIDA

A antiga colónia e província ultramarina de Portugal que teve a sua independência a 25 de junho de 1975 parece continuar a viver com leis e crenças tipicas da Selva.Desta vez um seropositivo violou duas enteadas numa tentativa de se curar do virus apoiado numa crença popular segundo a qual um doente com HIV pode combater a doença se mantiver relações com menores.Isto das crenças populares misturadas com falta de valores ,cultura e educação faz continuar Moçambique assim como outros lugares isolados do Planeta continuarem a cometer atrocidades piores que os animais.


Suspeito seguiu crença

Um seropositivo, de 30 anos, foi detido pelas autoridades moçambicanas, em Maputo, suspeito de ter violado duas enteadas, de sete e dez anos, numa tentativa de se curar do vírus HIV, seguindo uma crença popular.


De acordo com as autoridades responsáveis pela investigação dos crimes, o alegado violador, de nacionalidade moçambicana, terá agido com base numa crença popular, segundo a qual um doente com SIDA pode combater a doença se mantiver relações sexuais com menores.

Em Moçambique, as violações de menores supostamente virgens e de bebés com escassos meses ocorrem com frequência, devido a este tipo de superstição, embora ainda não existam muitos dados sobre estes casos, uma vez que as denuncias são praticamente inexistentes.

Apesar da gravidade da situação, Pedro Cossa, porta-voz da polícia, afirma que as autoridades moçambicanas “não podem prevenir os casos de violações sexuais familiares no seio familiar”.

A detenção foi confirmada ontem pelo Comando Geral da Polícia de Moçambique, Raul Freia
.

Sem comentários:

Publicar um comentário